CLÍNICA GAZINEU
SERVIÇOS
Investigação e Tratamento

Infertilidade Conjugal

Videohisteroscopia

Diagnóstica e Cirúrgica

Ultrassonografia

Geral e Especializada

Videolaparoscopia

Em Nível Hospitalar

Colocação de DIU

Sob Sedação

Atendimento Especializado

Na Área de Ginecologia

Centro para Procedimentos

De Curta Permanência.



  • Graduação Médica, Residência e Mestrado em Ginecologia e Obstetrícia pela UNESP – Botucatu/SP;
  • Especialista em Reprodução Assistida pela FEBRASGO/AMB;
  • Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO/AMB (TEGO 568/95);
  • Especialista em Ultrassonografia Geral pelo Colégio Brasileiro de Radiologia /AMB (Membro Titular);


CONHEÇA O DR.
Orlando Monteiro Jr.

  • Graduação Médica, Residência e Mestrado em Ginecologia e Obstetrícia pela UNESP – Botucatu/SP;
  • Especialista em Reprodução Assistida pela FEBRASGO/AMB;
  • Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO/AMB (TEGO 568/95);
  • Especialista em Ultrassonografia Geral pelo Colégio Brasileiro de Radiologia /AMB (Membro Titular);


 
SAIBA TUDO
PERGUNTAS E RESPOSTAS


Qual a diferença entre infertilidade e esterilidade?
Infertilidade: Quando o casal, após um ano de relações sem tomar medidas de proteção não conseguiu uma gravidez. Atualmente deve se evitar o termo esterilidade, pois dá a conotação de irreversibilidade absoluta.
Afeta muitos casais?
De forma geral infertilidade conjugal atinge cerca de 15% dos casais em idade reprodutiva.
Quais as causas de infertilidade?
Podem ser tanto de caráter social como clínico. Entre as primeiras, podemos citar a idade avançada e as consequências devido ao estilo de vidas das pessoas (obesidade, tabagismo, álcool, drogas e excesso de trabalho). As principais causas clínicas são: fatores masculinos (30%), fatores tubários e endometriose (30%), fatores ovarianos (20%), fatores associados (20%), infertilidade sem causa aparente (10%). Miomas e pólipos uterinos são causas raras de infertilidade conjugal e estão mais relacionados aos abortamentos.
Os fatores psíquicos podem provocar a infertilidade?
Não sabemos qual a influência que os transtornos emocionais podem ter na reprodução. O stress associado a reprodução deve ser tratado porque deteriora a qualidade de vida do casal. A maturidade física e psíquica da mulher faz com que a idade ideal para ter filhos seja entre os 20 e 30 anos. Mas, hoje em dia, os casais decidem ter filhos tardiamente, devido em grande parte à integração da mulher no mercado de trabalho. A partir dos 35 anos a fertilidade feminina diminui sensivelmente e a partir dos 45 a possibilidade de gravidez é remota.


 
NOSSOS PACIENTES
DEPOIMENTOS


 
ENTRE EM CONTATO
PARA MAIS INFORMAÇÕES