“Seguro” Maternidade

O congelamento de oócitos (óvulos) é um recurso em medicina reprodutiva, ao alcance das mulheres que querem preservar à sua fertilidade, mantendo a esperança de concretizar o sonho de engravidar em época mais apropriada, seja após a cura de uma doença de base como um câncer, seja quando a sua vida pessoal e profissional permitir.
Os primeiros relatos de gestação usando oócitos descongelados foram feitos em 1986. Atualmente com o uso da técnica inovadora de vitrificação, baseada em um congelamento ultrarrápido que impede a formação de cristais de gelo intracelulares, o número de óvulos a serem criopreservados para se obter gestação está entre 15 e 20, o que é possível de se alcançar com 1 a 3 ciclos de indução de ovulação.
Em geral cerca de 13 anos antes da mulher entrar na menopausa, inicia-se queda importante do seu patrimônio ovular (reserva ovariana). A incidência de falência ovariana prematura (menopausa precoce) é de aproximadamente:
Até 30 anos – 1 mulher a cada 1000.Até 35 anos – 1 a cada 250.Até 40 anos – 1 a cada 100Com o passar dos anos a qualidade dos óvulos também vai diminuindo, aumentando a probabilidade de infertilidade, abortos e recém-nascidos com síndromes genéticas.
O risco para anomalias cromossômicas (síndrome de Down) segundo a literatura, tendo como referência de idade materna é:
1 / 1.477 aos 20 anos.1/ 939 aos 30 anos.1/ 353 aos 35 anos.1/ 85 aos 40 anos.1/ 39 aos 44 anos.Estima-se que as primeiras 48 horas de vida de um embrião só é possível a partir da competência da “maquinaria citológica” herdada do óvulo, ou seja, quanto mais jovem o óvulo, maior é o resultado reprodutivo.
Com o dinamismo do atual papel feminino na sociedade moderna (graduação, pós-graduação, estágios e trabalho) a vitrificação de óvulos próprios para o uso a posteri, funciona como um “seguro” dando a tranquilidade e oportunidade de um melhor planejamento reprodutivo, com a possibilidade de uma futura gravidez.
Por Dr. Orlando Monteiro Jr.
(CRM/SP 73.806 – CRM/MS 3.256 – TEGO 568/95)

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

A Clinica Gazineu utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Ao continuar navegando, você concorda com a utilização dessas tecnologias, como também, concorda com os termos da nossa política de privacidade.